O marketing de escassez escasso do McDonald’s – Aprendendo com o erro


5 de abril de 2024

Recentemente, o McDonald’s lançou uma campanha de relançamento do McFish, utilizando uma estratégia de marketing de escassez para gerar interesse e demanda pelo produto. No entanto, o que inicialmente parecia uma jogada inteligente de marketing acabou se transformando em um exemplo de como uma má execução pode levar a consequências negativas para a marca. 

Leia também: Marketing de influência: a estratégia do momento.

Fear of missing out (FOMO)

A campanha foi projetada para capitalizar no fear of missing out (FOMO) dos consumidores, criando uma sensação de urgência em torno do retorno temporário do McFish. Anúncios foram veiculados com a mensagem de que o produto estaria disponível por tempo limitado, gerando expectativa e antecipação entre os fãs do sanduíche.

No entanto, o que deveria ter sido uma estratégia de marketing bem-sucedida acabou se transformando em um pesadelo logístico para o McDonald’s. Devido a problemas na cadeia de abastecimento e planejamento de estoque, muitas lojas ficaram sem o McFish logo após o início da campanha, deixando os clientes frustrados e decepcionados. 

Leia também: Experiência do cliente e impactos para o negócio.

Falha na distribuição e processo judicial

O resultado foi uma enxurrada de reclamações nas redes sociais, juntamente com relatos de consumidores que afirmavam ter comprado antecipadamente o produto promovido, apenas para descobrir que ele estava esgotado quando tentavam resgatá-lo. Além disso, alguns consumidores insatisfeitos optaram por entrar com processos judiciais contra o McDonald’s, alegando propaganda enganosa e quebra de promessa.

Essa situação evidencia a importância crítica de uma estratégia de marketing bem alinhada com a operação logística da empresa. Enquanto o marketing pode gerar interesse e demanda pelo produto, é igualmente importante garantir que a empresa tenha os recursos e processos necessários para atender a essa demanda de maneira eficaz e consistente. 

Leia também: “Come to Brazil”: evidências da importância de uma estratégia focada no público-alvo.

A importância de uma estratégia de marketing bem planejada

O McDonald’s falhou em antecipar e gerenciar adequadamente a demanda gerada pela campanha de relançamento do McFish. Uma abordagem mais cuidadosa para o planejamento logístico teria evitado a escassez de estoque e a consequente insatisfação dos clientes.

Além disso, essa situação serve como um lembrete de que o marketing de escassez pode ser uma faca de dois gumes. Enquanto pode criar uma sensação de urgência e exclusividade em torno do produto, também pode gerar descontentamento e prejudicar a reputação da marca se não for gerenciado adequadamente. 

Leia também: Taylor Swift: aprendendo sobre marketing com a loirinha.

Lembre-se: promessa é dívida!

Em última análise, o caso do McDonald’s destaca a importância de uma abordagem holística para o marketing, que leve em consideração não apenas a mensagem que está sendo transmitida, mas também a capacidade da empresa de cumprir suas promessas e satisfazer as expectativas dos clientes. Somente por meio de uma integração eficaz entre marketing e operações pode uma campanha ser verdadeiramente bem-sucedida e positiva para a marca. 

Leia também: Otimize sua estratégia de marketing.

Agora que você já sabe a importância de uma estratégia de marketing bem planejada, entre em contato com a Planeta W para planejar a sua estratégia de acordo com os propósitos de sua marca, seja para fortalecimento ou aumento de conversões.

🚀 Decole com a Planeta W!

O marketing de escassez escasso do McDonald’s – Aprendendo com o erro

Cadastre-se e receba nossas novidades!